Governo do Rio de Janeiro Fundação Saúde Botão Menu

Dia Estadual do Combate à Tuberculose

06/08/2021

Hoje (06/08) comemora-se o Dia Estadual de Conscientização, Mobilização e Combate à Tuberculose no Rio de Janeiro. Essa doença bacteriana, altamente infecciosa e que tem entre os principais sintomas a tosse marcante e persistente.

A Fundação Saúde conta com duas unidades referência para o tratamento da doença, o Hospital Estadual Santa Maria (HESM), localizado em Jacarepaguá, zona Oeste, e o Instituto Estadual de Doenças do Tórax Ary Parreiras (IETAP), em Niterói.
Conversamos com o diretor geral do HESM, Enaldo Pacheco, para saber mais sobre os sintomas e tratamento da doença na unidade.

Como é a transmissão da tuberculose?
A transmissão se faz por via respiratória, pela inalação de aerossóis produzidos pela tosse, fala ou espirro de um doente com tuberculose pulmonar ou laríngea.

Quais os principais sintomas?
Os sintomas vão depender do órgão acometido, pois existe a Tuberculose Pulmonar e a Extrapulmonar (Pulmonar acomete os Pulmões enquanto a Extrapulmonar também afeta outros locais como gânglios, meninges, pleura, intestino, sistema osteoarticular). A mais frequente e mais relevante para a saúde pública é a Tuberculose Pulmonar, e seus sintomas são a tosse persistente seca ou produtiva, febre vespertina, sudorese noturna e emagrecimento.

Quando procurar ajuda?
Toda a pessoa que apresente tosse por três ou mais semanas deverá procurar o posto de saúde mais próximo de sua residência para ser avaliado por um médico e fazer o exame do escarro (baciloscopia) ou teste rápido molecular para tuberculose.

Como é feito o tratamento no HESM?
O tratamento é realizado por uma equipe multidisciplinar (Psicologia, Fisioterapia, Odontologia, Nutrição e Terapia Ocupacional), que além do tratamento medicamentoso, dá suporte nutricional e trata das comorbidades existentes. Quando necessário, atua nas demandas sociais e nas questões de uso de drogas licitas e ilícitas, que são muito frequentes nesse tipo de paciente e podem ter relação com o abandono do tratamento.

Quantos pacientes o HESM atendeu nos últimos meses?
Em 2020, o Santa Maria internou 127 pacientes. Já no primeiro semestre de 2021, foram 85 pacientes internados.

Como é a estrutura do HESM para este tratamento?
O paciente é internado de acordo com o seu perfil baciloscópico e de resistência, sendo utilizado leitos específicos para cada perfil. No HESM, são internados pacientes portadores de Tuberculose sensível, coinfecção Tuberculose/HIV, portadores de tuberculose mono e polirresistente, pacientes com multirresistência (TB MDR) e com resistência extensiva (TB XDR).

Como proceder para ser atendido no HESM?
Os pacientes devem ser encaminhados via Central de Regulação para internação, por meio da atenção primária de saúde (postos de saúde e clínicas da família).

©2018 Fundação Saúde - Secretaria de Estado de Saúde
Av. Padre Leonel Franca, 248, 1º andar, Gávea - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22451-000, Telefone: (21) 2334-5010
Horário de atendimento: Sede - 8h às 17h / Recursos Humanos - 8h às 15h